Categoria: Praias

  • Google terá alertas de inundações em parceria com Serviço Geológico

    Uma parceria entre o Google e o Serviço Geológico do Brasil (SGB), anunciada em Florianópolis (SC), vai possibilitar a emissão de alertas de inundações ribeirinhas no país. O indicador combina dados como os níveis de água dos rios, indicadores meteorológicos e imagens de satélite. Moradores de mais de 60 localidades terão disponíveis informações em tempo real. Nos próximos meses, a cobertura de alertas e previsão deverá ser expandida para outras regiões. Ao navegar pelo Google Maps, realizar pesquisas na busca ou acessar a nova plataforma de enchentes FloodHub, os usuários receberão alertas e previsões sobre as condições dos rios. Não fazem parte desse sistema as cheias rápidas, que ocorrem em cidades nas cabeceiras ou com as chuvas em grandes centros urbanos. São disponibilizadas informações de cheias graduais, sobre as quais é possível enviar dados, por exemplo, de quanto a água deve subir em determinado período, permitindo deslocamentos. Notícias relacionadas:Governo amplia parcer..

  • Google terá alertas de inundações em parceria com Serviço Geológico

    Google terá alertas de inundações em parceria com Serviço Geológico

    Uma parceria entre o Google e o Serviço Geológico do Brasil (SGB), anunciada em Florianópolis (SC), vai possibilitar a emissão de alertas de inundações ribeirinhas no país. O indicador combina dados como os níveis de água dos rios, indicadores meteorológicos e imagens de satélite. Moradores de mais de 60 localidades terão disponíveis informações em tempo real. Nos próximos meses, a cobertura de alertas e previsão deverá ser expandida para outras regiões. Ao navegar pelo Google Maps, realizar pesquisas na busca ou acessar a nova plataforma de enchentes FloodHub, os usuários receberão alertas e previsões sobre as condições dos rios. Não fazem parte desse sistema as cheias rápidas, que ocorrem em cidades nas cabeceiras ou com as chuvas em grandes centros urbanos. São disponibilizadas informações de cheias graduais, sobre as quais é possível enviar dados, por exemplo, de quanto a água deve subir em determinado período, permitindo deslocamentos. Notícias relacionadas:Governo amplia parcer..

  • Covid-19: Brasil registra 20,3 mil casos e 57 mortes em 24 horas

    Covid-19: Brasil registra 20,3 mil casos e 57 mortes em 24 horas

    Dados divulgados pelo Ministério da Saúde neste domingo (27) indicam que, em 24 horas, foram registrados 20.385 novos casos e 57 mortes por covid-19 no país. Desde o início da pandemia, o Brasil contabiliza 35.188.586 casos confirmados e 689.536 óbitos pela doença. Ainda segundo o boletim, 34.205.157 pessoas se recuperaram da infecção (97,2% do total) e 293.393 pacientes estão em acompanhamento. Os estados do Ceará, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Paraíba, Piauí, Roraima, Santa Catarina e Tocantins, além do Distrito Federal, não atualizaram os dados em 24 horas. Estados Notícias relacionadas:Covid-19: Brasil registra 5.197 casos e 11 mortes em 24 horas.China registra 4° recorde diário consecutivo de novos casos de covid .Covid-19: Brasil registra 13.501 casos e 26 mortes em 24 horas.O estado de São Paulo lidera o número de casos, com 6.190.045, seguido por Minas Gerais (3,911 milhões) e Paraná (2,77 milhões). Já o menor número de casos é registrado ..

  • De olho em vaga nas oitavas, Inglaterra mede forças com País de Gales

    A terceira rodada da fase de grupos da Copa do Catar terá início nesta terça-feira (28) com jogos decisivos. Um dos mais interessantes é o que coloca frente a frente Inglaterra e País de Gales, a partir das 16h (horário de Brasília) desta terça-feira (29), no Estádio Ahmad Bin Ali, em Al Rayyan. All set for tomorrow 👊#threelions pic.twitter.com/W5tikdrf5G — England (@England) November 28, 2022 Notícias relacionadas:Inglaterra e Estados Unidos ficam no 0 a 0 pelo Grupo B.Holanda e Equador empatam e dividem liderança do Grupo A da Copa.Irã derrota Gales nos minutos finais e sonha com oitavas da Copa.Ocupando a liderança do Grupo B com quatro pontos, após empate sem gols com os Estados Unidos na última rodada, os ingleses se garantem nas oitavas mesmo com um empate. Já para o País de Gales vencer é uma necessidade, e com um placar elástico que melhore seu sado de gols. Pela mesma chave, e mesmo horário, mas no Estádio Al Thumama, Irã e Estados Unidos medem forças. Caso haja um vencedo..

  • De olho em vaga nas oitavas, Inglaterra mede forças com País de Gales

    De olho em vaga nas oitavas, Inglaterra mede forças com País de Gales

    A terceira rodada da fase de grupos da Copa do Catar terá início nesta terça-feira (28) com jogos decisivos. Um dos mais interessantes é o que coloca frente a frente Inglaterra e País de Gales, a partir das 16h (horário de Brasília) desta terça-feira (29), no Estádio Ahmad Bin Ali, em Al Rayyan. All set for tomorrow 👊#threelions pic.twitter.com/W5tikdrf5G — England (@England) November 28, 2022 Notícias relacionadas:Inglaterra e Estados Unidos ficam no 0 a 0 pelo Grupo B.Holanda e Equador empatam e dividem liderança do Grupo A da Copa.Irã derrota Gales nos minutos finais e sonha com oitavas da Copa.Ocupando a liderança do Grupo B com quatro pontos, após empate sem gols com os Estados Unidos na última rodada, os ingleses se garantem nas oitavas mesmo com um empate. Já para o País de Gales vencer é uma necessidade, e com um placar elástico que melhore seu sado de gols. Pela mesma chave, e mesmo horário, mas no Estádio Al Thumama, Irã e Estados Unidos medem forças. Caso haja um vencedo..

  • PEC da Transição é formalizada no Senado

    O relator do Orçamento no Congresso Nacional, senador Marcelo Castro (MDB-PI), informou nesta segunda-feira (28) ter protocolado a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) da Transição. O texto exclui o programa Auxílio Brasil, que deverá ser rebatizado de Bolsa Família, da regra do teto de gastos para os próximos anos. A medida apresentada pelo senador é uma forma de viabilizar a manutenção do valor mínimo de R$ 600 para o programa de transferência de renda, além de instituir um valor adicional de R$ 150 por criança menor de 6 anos de idade de cada beneficiário. Esse é um dos principais compromissos de campanha do presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva (PT). Vigente desde 2017, a regra constitucional do teto de gastos limita o crescimento das despesas públicas, exceto o pagamento de juros da dívida pública, ao crescimento da inflação do ano anterior. Para iniciar a tramitação, o texto ainda precisará ser subscrito por, pelo menos, 26 senadores, o que deve ocorrer ainda esta seman..

  • PEC da Transição é formalizada no Senado

    O relator do Orçamento no Congresso Nacional, senador Marcelo Castro (MDB-PI), informou nesta segunda-feira (28) ter protocolado a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) da Transição. O texto exclui o programa Auxílio Brasil, que deverá ser rebatizado de Bolsa Família, da regra do teto de gastos para os próximos anos. A medida apresentada pelo senador é uma forma de viabilizar a manutenção do valor mínimo de R$ 600 para o programa de transferência de renda, além de instituir um valor adicional de R$ 150 por criança menor de 6 anos de idade de cada beneficiário. Esse é um dos principais compromissos de campanha do presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva (PT). Vigente desde 2017, a regra constitucional do teto de gastos limita o crescimento das despesas públicas, exceto o pagamento de juros da dívida pública, ao crescimento da inflação do ano anterior. Para iniciar a tramitação, o texto ainda precisará ser subscrito por, pelo menos, 26 senadores, o que deve ocorrer ainda esta seman..

  • PEC da Transição é formalizada no Senado

    O relator do Orçamento no Congresso Nacional, senador Marcelo Castro (MDB-PI), informou nesta segunda-feira (28) ter protocolado a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) da Transição. O texto exclui o programa Auxílio Brasil, que deverá ser rebatizado de Bolsa Família, da regra do teto de gastos para os próximos anos. A medida apresentada pelo senador é uma forma de viabilizar a manutenção do valor mínimo de R$ 600 para o programa de transferência de renda, além de instituir um valor adicional de R$ 150 por criança menor de 6 anos de idade de cada beneficiário. Esse é um dos principais compromissos de campanha do presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva (PT). Vigente desde 2017, a regra constitucional do teto de gastos limita o crescimento das despesas públicas, exceto o pagamento de juros da dívida pública, ao crescimento da inflação do ano anterior. Para iniciar a tramitação, o texto ainda precisará ser subscrito por, pelo menos, 26 senadores, o que deve ocorrer ainda esta seman..

  • PEC da Transição é formalizada no Senado

    PEC da Transição é formalizada no Senado

    O relator do Orçamento no Congresso Nacional, senador Marcelo Castro (MDB-PI), informou nesta segunda-feira (28) ter protocolado a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) da Transição. O texto exclui o programa Auxílio Brasil, que deverá ser rebatizado de Bolsa Família, da regra do teto de gastos para os próximos anos. A medida apresentada pelo senador é uma forma de viabilizar a manutenção do valor mínimo de R$ 600 para o programa de transferência de renda, além de instituir um valor adicional de R$ 150 por criança menor de 6 anos de idade de cada beneficiário. Esse é um dos principais compromissos de campanha do presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva (PT). Vigente desde 2017, a regra constitucional do teto de gastos limita o crescimento das despesas públicas, exceto o pagamento de juros da dívida pública, ao crescimento da inflação do ano anterior. Para iniciar a tramitação, o texto ainda precisará ser subscrito por, pelo menos, 26 senadores, o que deve ocorrer ainda esta seman..

  • Seis municípios elegeram novos prefeitos neste domingo

    Seis municípios elegeram novos prefeitos neste domingo

    Eleitores de seis municípios foram às urnas neste domingo (27) para escolher novos prefeitos em eleições suplementares. Esse tipo de eleição ocorre quando há a anulação de mais da metade dos votos concedidos ao candidato ao Executivo, no caso, prefeito, com registro indeferido. Em Tanabi (SP), foi eleito Alexandre Silveira Bertolini (PSB) para governar o município até o fim de 2024. Ele foi eleito com 5.939 votos, 41,29% do total. O prefeito anterior e seu vice tiveram o mandato cassado por gasto ilícito de recursos financeiros de campanha eleitoral e abuso de poder econômico. Notícias relacionadas:Presidente do TSE e comandantes da PM discutem ações nas eleições.Ministério divulga balanço final da Operação Eleições 2022.EBC é destaque na apuração das Eleições 2022.Em Pedro Velho (RN), a eleita foi Edna Lemos (PSB), com 51,19% dos votos. Em Canguaretama, também no Rio Grande do Norte, foi eleito Wilsinho (PTB), com 54,74% dos votos. O prefeito anterior foi cassado e, assim como sua v..